Pereira Barreto

Pereira Barreto a cidade


Pereira Barreto é um município brasileiro do estado de São Paulo. Fundado oficialmente em 11 de agosto de 1928, Localiza-se a uma latitude 20º38'18" sul e a uma longitude 51º06'33" oeste, estando a uma altitude de 347 metros. Sua população estimada em 2016 é de 25.779 habitantes.

Estância Turística


Pereira Barreto é um dos 67 municípios paulistas considerados estâncias turísticas pelo governo do Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de Estância Turística, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

História de Pereira Barreto


Os primeiros habitantes a chegar à Fazenda Tietê foram os japoneses, no final da década de 1920 para trabalhar nas lavouras de café e algodão. Mitsussada Umetani e Syungoro Wako, da província de Nagano, negociaram as terras diretamente com o proprietário coronel Jonas Alves de Melo. Porém, para obter o reconhecimento da colonização por parte do governo brasileiro, eles criaram a Sociedade Colonizadora do Brasil. Inicialmente, foram adquiridas duas glebas: a Fazenda Bastos e a Fazenda Tietê. A gleba de 46.690 alqueires da Fazenda Tietê era formada de duas fazendas: Urubupungá e uma parte da fazenda Araçatuba e ficava no município de Monte Aprazível da Comarca de São José do Rio Preto. Assim surgiu Novo Oriente, em 1928. Algum tempo depois, brasileiros migraram de seus estados, principalmente da região do Nordeste, para trabalhar nos sítios dos japoneses e também na construção de estradas e pontes na região.

Dez anos apenas separam a condição inicial de distrito Novo Oriente a de município Pereira Barreto, que recebeu este nome em homenagem ao médico e político Luis Pereira Barreto. Em 1990, a cidade foi inundada pelas águas da represa da UHE Três Irmãos. A Ponte Novo Oriente encontra-se a 14m abaixo do nível do rio Tietê, e assim como a estação ferroviária Lussanvira, lavouras inteiras também desapareceram. Surgia assim uma cidade submersa. Foi preciso muito trabalho duro para recriá-la, até que em 13 de abril de 2000, a cidade foi elevada à categoria de Estância Turística pelo governo do Estado, devido aos recursos naturais, condições de lazer, recreação e uma boa infraestrutura e serviços destinados à atividade turística.

Mais detalhes da história podem ser acessados no site da Prefeitura:

http://www.pereirabarreto.sp.gov.br/nossa-historia.html


Pereira Barreto conta com vários pontos turísticos – a maioria em homenagem aos imigrantes japoneses, sendo destaque para o Obelisco de Pedra, a Praia Municipal Pôr do Sol, o Relógio de Quatro Faces (Relojão), o Canal de Pereira Barreto, Espaço da Melhor Idade, Megumi Kai, a Praça Carlos Kato, GO-JU-NO-TO, a Praça da Bandeira Comendador Jorge Tanaka, as festas típicas japonesa e a Usina Hidrelétrica 3 Irmãos, a maior usina construída no Rio Tietê, e os eventos culturais como o Festival Bon-Odori, MPB, Festa das Nações, Concurso Interestadual de Bandas, Pesca Esportiva do Tucunaré, Carnaval e o circuito das Águas.

COMPARTILHE ESTE LINK:

Facebook Portal do Turismo Instagram Portal do Turismo Twitter Portal do Turismo Google Plus Portal do Turismo

Portal do Turismo

© 2017